Impotência sexual e o aumento de pênis

Existem muitas causas físicas, temporária ou crônica, a impotência, que pode variar desde o facilmente evitáveis ou curáveis, a muito grave causa, que não pode ser curada sem radical, invasivo de medidas, tais como cirurgias. Se uma pessoa impotência tem um físico ou emocional causa, existem muitos casos em que as mudanças de estilo de vida podem reduzir a sua luta com o ED. Ele muitas vezes tem um efeito negativo na vida sexual, e podem causar mais estresse, depressão e baixa auto-estima. Impotência ou, o que é também conhecida como disfunção erétil, é uma condição que faz com que um homem seja incapaz de alcançar uma ereção durante a atividade sexual tenha lugar. Impotência masculina, por vezes referido como disfunção erétil, é definida como a incapacidade do pênis ficar ereto o tempo suficiente para ter relações sexuais.

A impotência é causada por problemas psicológicos ou problemas físicos ou às vezes ambos. Ele pode mudar a vida de uma pessoa e afeta a sua auto-estima. É uma doença comum, especialmente entre os idosos, e afeta pelo menos 10% a 15% (estimativa conservadora) de todos os adultos do sexo masculino. Outra importante causa da impotência é o trauma para a virilha. Em Freud a prática clínica de impotência psíquica foi altamente prevalente queixa. Secundário impotência é mais comum na meia-idade e idosos. Secundário impotência devido ao aumento da idade é comum se comparado ao principal impotência.

O número de pacientes que desejam aumentar o tamanho do seu pênis está aumentando constantemente, a imprensa regularmente falando possibilidades. Estas técnicas descritas neste artigo na ausência de resultados convincentes ainda não foram consideradas experimentais.


O comprimento do pênis é medido em uma haste em repouso, com e sem tração, da sínfise púbica no meato. A circunferência está descansando na parte do meio.
O comprimento médio do pênis em repouso sem tração é de 8,85 ± 2,38 cm, com tração de 12,45 ± 2,71 cm e ereção de 12,89 ± 2,91 cm. A circunferência média é no estado flácido de 9,71 ± 1,17 cm e na ereção de 12,30 ± 1,31 cm. 6,7.


Na prática clínica, ocorrem três situações:


Micro pênis que podem ser isolados ou associados a outras anormalidades no contexto de hipogonadismo ou síndrome polimalformativa.
Eu dismorfofobia em que as medições são normais, mas em que o paciente está convencido do oposto.
Eu desempenho maniquera quando o paciente sabe que seu pênis é normal, mas ainda quer aumentar o volume. Para isso, basta acessar Xtragel.